Dedicamo-nos a fornecer soluções de software rápidas, eficientes e sustentáveis que fazem a diferença na indústria de desenvolvimento de software.
  • Recuperação de Dados de um Disco Linux Criptografado após uma Falha do Sistema

Um computador Ubuntu 14.04 estava em um processo de atualização de software do sistema quando ocorreu uma queda de energia. O computador não pode inicializar mais. Parece que este é um caso fácil para recuperação de dados? Não exatamente. Temos más notícias: o sistema foi instalado em um sistema de arquivos LVM criptografado. A boa notícia é que a senha não foi esquecida. Aí vem o desafio: recuperar os arquivos do usuário.

O primeiro movimento natural é criar um disco de inicialização do Ubuntu, inicializar o computador, montar o sistema de arquivos e copiar os arquivos para outro disco. Em seguida, o sistema operacional no computador pode ser reparado ou reinstalado. Isso funcionará apenas se o sistema de arquivos estiver intacto. Se não, o que deve ser feito quando os arquivos ficam inacessíveis?

É possível usar outra máquina Linux com o R-Studio para Linux instalado, mas pode não estar disponível facilmente. Portanto, este artigo mostrará como usar o R-Studio para Windows. Também fornecemos algumas informações sobre como trabalhar com o Ubuntu para aqueles que não estão muito familiarizados com esse sistema operacional.

Os sistemas Windows não podem acessar diretamente partições Linux criptografadas, sendo assim, precisamos usar a recuperação de dados pela rede. Portanto, precisamos de dois computadores conectados a uma rede: uma máquina Windows com o R-Studio Network instalado e o computador Ubuntu afetado. Também precisamos de um local para armazenar os dados recuperados. Pode ser qualquer disco visível para o sistema Windows ou um disco rígido externo conectado ao computador Ubuntu. Além de todos os sistemas de arquivos nativos do Linux, essa unidade pode ser formatada como um dispositivo NTFS.

Processo de recuperação de dados
Criando um disco de inicialização do Ubuntu
1. Baixe a imagem de instalação do Ubuntu 14.04 e crie um disco de inicialização USB. O site oficial do Ubuntu explica em detalhes: Baixe o Ubuntu Desktop e Como criar um Pendrive inicializável no Windows.

Observe que, embora seja suficiente ter um pendrive de 2 GB para instalar o Ubuntu, precisaremos de muito mais espaço em disco para realizar a recuperação de dados. Usaremos um dispositivo SSD de 32 GB como disco de inicialização.

Trabalhando com o computador Ubuntu
2. Inicie o computador Ubuntu usando o disco de inicialização do Ubuntu e selecione Experimente o Ubuntu na janela Instalar.
Tela de inicialização do Ubuntu
Fig. 1. Tela de inicialização do Ubuntu
Clique na imagem para ampliar

3. Localize os discos criptografados.
Discos criptografados e externos no Ubuntu
Fig. 2. Discos criptografados e externos no Ubuntu
Clique na imagem para ampliar

Desbloqueie-os clicando e digitando a senha.
Desbloqueando os discos criptografados
Fig.3. Desbloqueando os discos criptografados
Clique na imagem para ampliar

Localize o disco externo e clique duas vezes nele para montá-lo.

4. Mova o cursor para o canto superior esquerdo, clique no botão Find, digite Ter e execute o programa Terminal.
Iniciando o Terminal
Fig.4. Iniciando o Terminal
Clique na imagem para ampliar 5. No Terminal, digite sudo -i para obter os privilégios de superusuário.

6. Determine o endereço IP do computador digitando ip addr show
Encontrando o endereço IP
Fig.5. Encontrando o endereço IP
Clique na imagem para ampliar

7. Execute o Firefox, vá para r-tt.com e baixe o R-Studio Agent for Linux.
URL para R-Studio Agent para Linux
Fig.6. URL para R-Studio Agent para Linux
Clique na imagem para ampliar

Por padrão, o Firefox irá colocá-lo na pasta Downloads. Feche o Firefox.

8. Clique no botão Folder, vá para a pasta Downloads e clique duas vezes no arquivo baixado. Extraia o arquivo rsagent.
Extraindo o R-Studio Agent para Linux
Fig.7. Extraindo o R-Studio Agent para Linux
Clique na imagem para ampliar

9. Clique com o botão direito do mouse no arquivo rsagent, selecione a guia Permission e verifique se a opção Permitir execução do arquivo como programa está selecionada.
Configurando permissões para R-Studio Agent para Linux
Fig.8. Configurando permissões para R-Studio Agent para Linux
Clique na imagem para ampliar

Feche esta janela e volte ao Terminal.

10. Vá para a pasta Downloads:
cd /home/ubuntu/Downloads
e execute R-Studio Agent digitando ./reagent

11. Configure o R-Studio Agent. Você pode digitar uma senha muito simples se trabalhar em uma rede local.
Iniciando o R-Studio Agent para Linux
Fig.9. Iniciando o R-Studio Agent para Linux
Clique na imagem para ampliar

Você pode ler mais sobre como configurar o R-Studio Agent para Linux na ajuda do R-Studio: R-Studio Agent para Linux.

Ignore o aviso Unregistered se o seu R-Studio estiver devidamente registado.

Trabalhando com o computador R-Studio
12. Conecte o R-Studio ao computador Ubuntu.
Conectando o R-Studio ao seu agente para Linux
Fig.10. Conectando o R-Studio ao seu agente para Linux
Clique na imagem para ampliar
Consulte a ajuda do R-Studio: Recuperação de Dados pela Rede para obter detalhes.

13. Localize o sistema de arquivos LVM danificado.
LVM criptografado danificado
Fig.11. LVM criptografado danificado
Clique na imagem para ampliar

14. Examine o sistema de arquivos LVM.
Parâmetros de varredura para LVM
Fig.12. Parâmetros de varredura para LVM
Clique na imagem para ampliar
Veja mais sobre parâmetros de verificação na ajuda do R-Studio: Verificação de Disco.

15. Veja os resultados da verificação e localize as partições reconhecidas no sistema de arquivos LVM.
Resultados da verificação
Fig.13. Resultados da verificação
Clique na imagem para ampliar

16. Abra a partição reconhecida encontrada. Se o sistema de arquivos estiver gravemente danificado, pode levar muito tempo.

17. Localize as pastas do usuário e marque os arquivos para recuperação.
Partição reconhecida
Fig.14. Partição reconhecida
Clique na imagem para ampliar
Você pode usar vários métodos de pesquisa de arquivos para localizar e marcar arquivos específicos. Consulte a ajuda do R-Studio: Procurar por um Arquivo e Recuperação de Arquivos em Massa para mais detalhes.

18. Clique no botão Recover Marked, selecione um local para armazenar os arquivos recuperados e especifique outros parâmetros de recuperação.
Parâmetros de Recuperação e discos para armazenar arquivos recuperados no computador remoto
Fig.15. Parâmetros de Recuperação e discos para armazenar arquivos recuperados no computador remoto
Clique na imagem para ampliar

Em seguida, clique no botão OK na caixa de diálogo Recover e o R-Studio iniciará a recuperação de arquivos salvando os arquivos no disco externo.
Arquivos recuperados no disco NTFS externo
Fig.16. Arquivos recuperados no disco NTFS externo
Clique na imagem para ampliar

Feedback de Recuperação de Linux
14 feedbacks
Rating: 4.9 / 5
Hello!
Thank you very much for R-Studio for Linux.
Please pay attention to new Linux package manager `Snappy` => https://snapcraft.io/
Good luck!
Great programm, great service, TOP !A+++
While currently evaluatin R-Studio for Linux i`m quite impressed with how thorough it is.

Regrettably it`s not possible to simply restore the accidently zapped partitions ?

An installer wiped my boot drive without asking and erased LVM and other partitions.
I used R-Linux to recovery my company files after a RAID 1 failure. Not only did it work great in windows 10 but it was free. You guys are awesome!!! A+++++++++++++ I hope I never need your software again:)
R-Linux 5.4 восстановил данные c переразбитого и переформатированного два раза раздела, после переустановки ОС дважды! Лучший софт!